This seems to be your market:

Usamos cookies para que nosso site funcione da melhor forma e para coletar informações que nos ajudam a aprimorá-lo para você.
Informações sobre privacidade e cookies

OK
  1. Em foco
  2. Roxtec x prensa-cabos
  3. Mudar método de vedação
  4. Quatro desafios típicos na vedação de cabos

Quatro desafios típicos na vedação de cabos

A vedação dos cabos que entram nos gabinetes costuma ser feita com prensa-cabos metálicos. Tem que ser assim? Antes de respondermos, vejamos alguns dos maiores desafios que surgem com o uso de prensa-cabos.

1. A baixa eficiência da área significa gabinetes maiores, mais pesados e mais caros

Como os cabos são restritos ao roteamento pela placa do prensa-cabos designada na parte inferior dos gabinetes, é importante que a solução de vedação ofereça a maior eficiência de área possível. No entanto, o projeto do prensa-cabos requer muito espaço para o aperto das ferramentas, o que significa que os cabos ficarão afastados e a densidade do cabo se tornará baixa.    

2. A falta de flexibilidade torna as mudanças complexas e caras

Na fase de projeto, bem como durante as operações de campo, a necessidade de passar cabos adicionais em um gabinete é muito comum. Perfurar ou fazer novos orifícios nos gabinetes existentes é complicado, arriscado e geralmente requer uma permissão de trabalho a quente ou o desligamento do sistema. Problemas com limalhas de metal como resultado da perfuração são comuns e podem comprometer as operações. Nos gabinetes certificados Ex, não são permitidos novos furos sem verificar o gabinete novamente.

Roxtec_vs_glands - A2 text image.jpg

3. Tempo de instalação e peso 

Como os gabinetes modernos incluem I/Os mais flexíveis, não é incomum que 50 a 150 cabos entrem em um gabinete. O tempo para instalar corretamente essa quantidade de prensa-cabos é uma desvantagem significativa e deve ser evitada quando possível. O peso combinado dos prensa-cabos também precisa ser levado em consideração em muitas aplicações. 

4. A falta de capacidade de padronização abre espaço para decisões baseadas em campo

Os prensa-cabos têm flexibilidade limitada quando se trata de lidar com variações na espessura dos cabos. Isso, combinado com o fato de um prensa-cabos sempre ser igual a um cabo, impossibilita a padronização de uma solução de vedação de cabo e, ao mesmo tempo, é responsável por alterações tardias. Como poder usar soluções padronizadas é uma das maiores economias que um projeto pode ter, isso se torna um grande revés ao usar prensa-cabos.   

Felizmente, existem outras soluções industriais de alta demanda disponíveis que resolverão tudo isso e muito mais.  

Descubra as vantagens das passagens de vários cabos